Povos indígenas no Rio Tiquié

Mapa das comunidades do Rio Tiquié

CICLOS ANUAIS dos povos indígenas no Rio Tiquié

A pesquisa sobre os ciclos anuais, em conjunto com estudos sobre clima, ecologia, agronomia etc., está gerando informações detalhadas referentes aos ciclos anuais a partir de observações e interpretações realizadas nas comunidades indígenas e, assim, permitindo apreender possíveis mudanças climáticas nessa região, bem como criar entendimento e propostas para políticas públicas pertinentes. Outro resultado é o desenvolvimento e aplicação prática de metodologias de monitoramento e análise ambiental que poderão ser estendidas para outras regiões do rio Negro e da Amazônia. Essa pesquisa permitirá aos pesquisadores e lideranças indígenas discutir simetricamente a questão das mudanças climáticas e os impactos em seus territórios e formas de manejo, bem como as políticas de governança ambiental para a Amazônia.

O ano para os povos indígenas do rio Tiquié, no Noroeste Amazônico, divide-se em várias estações, identificadas a partir da passagem de constelações astronômicas associadas a diversos processos ecossistêmicos e climáticos. O ano começa com a Enchente de Jararaca, no começo de novembro. Essa região é caracterizada por muita chuva distribuída por todo o ano, com alguns curtos períodos de estiagem.
Neste vídeo, a presentação do estudo:
Os infográficos integram medições de nível do rio e a pluviometria, e as estações do ano informadas por pesquisadores indígenas desta região, assim como o nome das constelações astronômicas como identificadas pelos conhecedores Tukano.  Tudo isto você verá acompanhando  este vínculo http://ciclostiquie.socioambiental.org/ e conheça um interessante estudo.
Janeiro 8, 2016

Tags:, ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *